Boas ideias – Nutrir

No Dente de Leão gostamos de apoiar as boas ideias e divulgar o que de bom se faz em matéria de promoção da alimentação e estilos de vida saudáveis.

Assim, hoje damos a conhecer a Nutrir, uma empresa que trabalha arduamente para levar os bons hábitos alimentares a crianças, empresas, restaurantes e spas. Fundada pela nutricionista Mariana Bessa, a missão da Nutrir é criar soluções, estratégias e meios para que todos saibam como comer melhor e de forma mais saudável.  Uma boa ideia, não acham? 

Quem é Mariana Bessa?

A Mariana Bessa é uma nutricionista, 32 anos, do Porto. Licenciada pela Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e Mestre em Educação para a Saúde pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Resolveu criar o seu próprio emprego mal terminou o curso, o qual mantem até hoje: a Nutrir, entidade de consultoria em Alimentação e Nutrição.

Nutrir 2

Como nasceu a ideia do projeto/serviço?

A ideia nasceu ainda durante a faculdade, mas foi no ano do estágio que se intensificou. Durante o estágio que realizou no Brasil, contactou com diferentes empresas de consultoria em nutrição que serviram de inspiração para a criação da Nutrir e abrir um caminho até então pouco explorado em Portugal. Passados 7 anos, a Nutrir presta diversos serviços para diferentes públicos-alvo, sempre com a missão de promoção da saúde e a prevenção de doenças através de estratégias nutricionais e alimentares, principalmente nas crianças, não só através do acompanhamento nas escolas mas também através de atividades pontuais como workshops de culinária saudável.

Projetos futuros?

Continuar a Nutrir ideias, apostar na promoção da saúde e continuar a desenhar propostas à medida de cada cliente.

Para saber mais sobre a Nutrir e os seus projetos visite o site da empresa em www.nutrir.pt.

Anúncios

Um lanche saudável para os dias frios – Analisa Neto

Analisa Neto é nutricionista e “Autora convidada” do Dente de Leão. A colaborar atualmente com a empresa Em Família, em Braga, Analisa deixa-nos hoje uma sugestão de lanche saudável para ultrapassar os dias frios desta estação.

O inverno é caraterizado por dias mais curtos, mais fome e alimentação mais calórica. Uma alimentação correta e um bom estado físico ajudam a reforçar o sistema imunitário.

Como tal é importante que nesta época diversifique ainda mais a alimentação dos mais novos. Convém dar ênfase aos hortofrutícolas – que podem ser oferecidos na sopa e as frutas que podem fazer parte dos lanches escolares.

Nesta época é importante reforçar o aporte vitamínico principalmente de vitamina  C , D e zinco,  presentes essencialmente em hortofrutícolas , peixe e laticínios.

Não esquecer a água,  um bom estado de hidratação é importante na resistência do organismo a infeções.

Os lanches escolares são de extrema importância na alimentação dos mais pequenos, e é da responsabilidade dos pais a introdução de alimentos saudáveis e variados.

Muitas das vezes as crianças são resistentes a experimentar novos sabores, novos alimentos, assim deverão ser usadas algumas técnicas para tornar estes momentos mais divertidos.

Uma lancheira gira e apelativa, deve ser um dos investimentos; caixas coloridas e diferenciadas para cada alimento também pode ser um bom aliciante para a descoberta da criança, na hora do lanche.

Os pais deverão também envolver as crianças na construção dos lanches, para o dia seguinte, explicando a importância de cada um dos alimentos e como é bom experimentar novos sabores. Como exemplo que são para os filhos, os pais também deverão dar o exemplo, com a sua própria alimentação.

Os lanches devem ser diferentes todos os dias de forma a que a criança não entre numa rotina e que cada dia seja uma descoberta, privilegiando sempre que possível, o introdução de alimentos frescos e da época.

Fica aqui a dica para o lanche de amanhã:

– 6 castanhas

– 4 tostas com compota

– chá numa termos

– 1 fatia de pão escuro

– Salada de fruta (laranja+kiwi)

Quiche de beringela com tomate seco – Mafalda Almeida

A Mafalda Almeida, nutricionista e autora do blogue Loveat, aceitou amavelmente o nosso convite para integrar o grupo de “Autores convidados” Dente de Leão.

Depois de espreitar o blogue Loveat, que muito recomendamos, e de conhecer melhor a Mafalda e os seus ideias nesta pequena biografia, desafiamo-lo a experimentar a receita de Quiche de beringela com tomate seco.

FullSizeRender (3)
Fotografias gentilmente cedidas pela Mafalda Almeida.

 

Quiche de beringela com tomate seco

Para 6 pessoas
Informação nutricional aproximada por pessoa: 454Kcal; 11.8g de HC; 39.4g de Lípidos; 14.1g de Proteínas
Ingredientes 
1 massa quebrada
5 ovos
400ml de natas de soja
1/2 beringela média ou 1 pequena
1 cebola
2 dentes de alho
3 tomates secos
1 mão ceia de folhas de manjericão
250g de queijo feta
Sal
Pimenta
Noz moscada
Azeite

Preparação

Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Numa frigideira com azeite coloque a cebola picadinha e a beringela cortada em cubos muito pequenos. Salteie até começarem a dourar (cerca de 15 minutos) e junte os dentes de alho e o tomate seco picados. Tempere com sal e pimenta e aloure mais um pouco até a beringela estar completamente cozinhada (com uma textura mole e uma cor transparente).
Entretanto forre uma forma de tarte com papel vegetal e cubra-o com a massa quebrada. Numa taça bata os ovos com as natas de soja, junte o queijo feta cortado em cubos e as folhas de manjericão picadas. Tempere com uma pitada de noz moscada e com um pouco de sal, junte o preparado de beringela e mexa tudo. Verta sobre a massa quebrada e leve a assar durante 40 minutos a 150ºC.
Deixe arrefecer um pouco e sirva com uma salada de alface e rúcula.