Compostagem na escola – Cândida Ferraz

Cândida Ferraz, formadora em jardinagem e horticultura, aceitou o nosso convite para integrar o grupo de “Autores convidados” Dente de Leão.

A atividade que sugere para realizar em ambiente escolar é o processo de compostagem: reciclagem da matéria orgânica para produção de bio-fertilizante.

Propõe ainda dicas práticas para os professores e uma “sopa de letras” sobre a temática que podem consultar nas páginas 11 e 12 da 2.ª edição da magazine  publicada em Dezembro/2015.

Compostagem na escola

O que acontece aos restos da comida da cantina de todas as escolas? Para onde vão as cascas da fruta e dos legumes que comemos? E as folhas que caem no jardim?

Através da compostagem todos estes materiais podem ser reciclados e transformados em alimentos para as plantas da horta ou do jardim da escola. Como?

Quando fazemos compostagem estamos a reduzir a quantidade de material que vai para o aterro sanitário ao mesmo tempo que se produzes um fertilizante natural – o composto – que vai ajudar as plantas da horta e do jardim da escola a crescerem mais saudáveis.

O que vais precisar:

Vais precisar de um compostor, que podem ser construído pela turma, de tesouras de poda, para reduzir o tamanho de alguns materiais (ramos), de um ancinho e um regador.

Onde deves colocar o compostor?

O compostor deve ser colocado debaixo de uma árvore, para não apanhar muito calor durante o Verão nem muito frio durante o Inverno.

Como deves proceder?

É importante começar a recolher com uns dias de antecedência folhas secas e ramos no jardim. Deves colocar no compostor os diferentes tipos de materiais – os castanhos e os verdes – por camadas.

Os resíduos secos são os ramos das árvores e arbustos, relva seca, folhas. Os resíduos verdes sãos os restos de vegetais (cascas de fruta e legumes), cascas de ovos esmagadas, borras de café.

Não deves colocar restos de comida cozinhada, leite e laticínios, gorduras (manteiga, molhos), vidro, metal, plástico, medicamentos.

Vai colocando o material em camadas e não te esqueças de regar, para manter a humidade. Com a ajuda de um ancinho, revira a pilha de material, uma vez por semana, para permitir o arejamento.

Quando é que o composto está pronto?

Podes conseguir obter o composto passados 3-6 meses.

Onde posso usar o composto?

Podes usar o composto produzido na horta da tua escola, quando fizerem plantações de hortaliças e legumes ou no jardim, colocando à volta do tronco das árvores e dos arbustos. Também podes usar nos vasos estejam no interior da tua escola.

Agora que já te apercebeste que não é muito complicado fazer compostagem, propomos que avalies quais os materiais que podes colocar no compostor.

 

 

Anúncios

Quem disse que o Halloween não pode ser saudável?

Vamos manter o espírito do Halloween? Depois de uma semana em que, na escola, os nossos miúdos andaram entretidos com as abóboras e as fantasias alusivas ao Dia das Bruxas, porque não assinalarmos também este evento ao longo deste fim de semana?

No sábado, antes das crianças irem bater à porta dos vizinhos com o já conhecido “doçura ou travessura”, preparem em conjunto um lanche do Halloween especial (e saudável). Deixamos aqui algumas sugestões:

Sanduíches múmia

Opção 1 – Utilize uma fatia de pão ou tosta integral e espalhe por cima creme de queijo (coloque o queijo num saquinho de plástico e corte a ponta para poder dar o efeito da imagem). Depois coloque frutas frescas para os olhinhos (neste caso optamos por umas rodelinhas de cenoura crua).

sanduíche mumia

Opção 2 – Numa fatia de pão integral, barre com molho de tomate e por cima coloque tiras de queijo. Os olhos da múmia podem ser rodelas de azeitona ou outro vegetal à escolha. Pode ir ao forno ou ser comida assim.

Sanduíche mumia

Sanduíche bruxa

Neste caso, opte por 2 tipos de pão (branco e escuro), fatias de maçã e cenoura (ou outras frutas e legumes que possam ser consumidos crus) para dar o efeito da imagem. Para o recheio, sugerimos queijo, peito/fiambre de peru ou frango ou outros recheios saudáveis.

Sanduíche bruxa

Banana fantasma

Muito simples estes fantasminhas: corte as bananas em 2 partes e com pequenas bolinhas de chocolate “pinte” os olhinhos e a boca.

Bananas fantasma

Teste os hábitos dos mais novos

No domingo, certamente depois de alguns desvios de uma alimentação saudável da noite anterior, desafiem a pequenada a responder ao pequeno teste “Tenho hábitos alimentares e estilo de vida saudáveis’”.

Ficha de atividade – Teste os hábitos dos mais novos

Teste os hábitos dos mais novos

Esta será uma forma divertida de passar o fim de semana, procurando que os mais novos percebam que, por exemplo, na hora de escolhermos os alimentos devemos ser equilibrados, quer nas quantidades, quer nas opções.

Divirtam-se!