“Não tenho tempo para tomar o pequeno-almoço” ou “Eu não preciso do pequeno-almoço” são expressões muito comuns das nossas crianças, mas que rapidamente temos de contrariar!

Se os nossos filhos têm por hábito não tomar o pequeno-almoço ou comer qualquer coisa à pressa, temos o dever de os fazer entender que, com este comportamento, estão a ter uma alimentação menos nutritiva e saudável do que quem toma esta importante refeição.

Porque devem as nossas crianças tomar sempre o pequeno-almoço?
Um bom pequeno-almoço deve ser completo, variado e equilibrado, contendo todos os nutrientes necessários para o nosso organismo. Se os nossos miúdos são daqueles que não têm apetite ou não conseguem comer logo após acordar, podemos sugerir-lhes que comecem por consumir alimentos mais leves e ao seu gosto, em pequenas quantidades, aumentando-as gradualmente. Desta forma irão estimular o seu apetite!

Mais ainda, podemos também informá-los das vantagens em tomar sempre o pequeno-almoço. Aqui ficam algumas:

– Mais energia para todo o dia

– Maior controlo do apetite = peso do seu corpo mais equilibrado

– Mais atenção na escola = boas notas

– Maior resistência e músculos mais fortes

– Poupança (quando tomado em casa, pode poupar aos pais muitos euros no final do mês).

O Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, em parceria com o Instituto de Arte, Design e Empresa (IADE) desenvolveu materiais criativos, de cariz pedagógico em formato digital, alusivos ao tema do Pequeno Almoço. Estão disponíveis para consulta e download no blog Nutrimento.